Tapete vermelho para as Artes Visuais em Roma

Obra embaixada Roma
Obra embaixada Roma
Escada com tapete vermelho
Escada com tapete vermelho
Bandeira flanando de noite
Bandeira flanando de noite

Descer a escada e o tapete vermelho que a cobre no Palazzo Pamphillj ao terminar a residência artística e após a inauguraçao da mostra Sub_19 … doeu!

Importante foi que o parceiro de sempre Davy Alexandrisky registrou tudo em fotos belíssimas como a da bandeira. Mas o grande prêmio, além do privilégio de fazer parte da Programação Cultural da Embaixada do Brasil em Roma — e expor a partir de 24 de novembro de 2012 –, foi doar uma obra como agradecimento e ter como retorno o comentário do Embaixador José Viegas, que copio para vocês:

“No Palazzo Pamphillj, do século XVII, sede da Embaixada em Roma, está o trabalho da artista brasileira-argentina Ileana Hochmann, exposto na sala Palestrina, a sala de música da embaixada, onde se apresentava Corelli e que foi sede da Filarmônica de Roma antes de pertencer ao Brasil.
Ileana doou esta obra à embaixada quando aqui esteve, convidada para participar das reuniões em que se formularam as bases de nossa missão cultural atual. Hoje ela aparece ao lado de um belo quadro de Arcângelo Ianelli, como as duas obras de artistas brasileiros que têm presença contínua na Embaixada.”

A Programaçao Cultural 2011/2012 teve apoio da Fibra – Fundação Cultural Ítalo Brasileira criada pelo Embaixador em conjunto com a Universidade de Bologna para divulgar a arte e a cultura brasileira e apoio da Fiat do Brasil e Casa Fiat de Cultura de São Paulo.

Contando com a participação de designers e artistas brasileiros como Irmãos Campana, Vik Muniz e Ernesto Neto.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *